PUBLICIDADE
 

Lifestyle

25 de Fevereiro de 2018

Valentina Sampaio na versão atriz

A versão atriz da modelo cearense ganha data de estreia no cinema nacional

Foto: Gabriel de MouraFoto: Gabriel de Moura
 
Antes de Pause encontrá-la em seu momento lançador na São Paulo Fashion Week, em 2016, o destino da cearense já lhe reservava surpresas. Em 2015, um ano antes de sair na capa da Elle Brasil e de ganhar o mundo como porta-voz de L’Oréal Paris, Valentina Sampaio, natural de Aquiraz, filha de pescador, aceitou fazer as vezes de atriz. Allan Fiterman, de direção de filmes e novelas, convidou-a, à época.

Ele apostou na jovem, hoje, de 21 anos, para interpretar a cantora transgênero, Isabelle, de Berenice Procura (2017), lançado já em festivais de SP-Rio de Janeiro, mas com agenda nacional só agora, para o dia 24 de maio. Nele, o rosto misterioso para a Marc Jacobs Beauty, de capa de Vogue francesa e de fotos da Balmain mostra o resultado de sua afinidade também com as telas.

Para o longa que traz Cláudia Abreu, 47, para desvendar a morte de sua personagem, a agenciada da Joy Model cumpriu três meses de preparação, com aulas de atuação, corpo e canto. “Foi uma experiência que me fez aprender muito, tanto como profissional quanto como ser humano”, complementou em entrevista por e-mail, durante sua vinda recente ao Brasil, para compor, pela primeira vez, o squad de musas do Baile da Vogue, no início de fevereiro, no Rio. Continue entrevista!
 
Quem era a criança Valentina Sampaio, você sonhava com as passarelas?
Eu sempre quis ser estilista. Sempre fui muito encantada pelo universo da moda e da arte. Sempre foi muito inspirador e motivador para mim.

Da vida no Aquiraz para o topo do glamour na Europa, o que fica de concreto no ser humano Valentina?
Que Deus sempre tem um lindo propósito para os que acreditam, para os que têm fé e os que lutam pelos seus sonhos e objetivos. É preciso ser forte e passar por cima de qualquer barreira que coloquem no seu caminho, acreditar que você é capaz, ter foco e estar disposta a aprender com o que a vida oferece.

O que você mais ama no seu Estado e na sua cidade?
Minha terra é um paraíso! Tem cada lugar incrível... A natureza, as paisagens paradisíacas, o mar de água quentinha - mesmo quando está chovendo. Sinto falta de acordar cedinho e fazer caminhada na praia, ver o sol nascendo no mar. Não tem forma melhor de começar o dia e recarregar as energias.
 
Foto: Gabriel de MouraFoto: Gabriel de Moura
 
E na vida na Europa, o que te faz palpitar?
O bom de poder viver em outros lugares é aprender com as culturas e conhecer lugares. É enriquecedor conhecer o diferente. O mundo tem muito a ensinar, e eu tenho muito a aprender.

O que você mais ama e odeia na vida fora do Brasil? E no mundo fashion?
O ruim é estar longe da família e dos amigos. O bom é conhecer o diferente e absorver novas ideias e pontos de vista.

Em 2017 você esteve em evidência a todo o momento e para este novo ano, quais os planos de Valentina? Como você vê sua carreira nos próximos dez anos?
Eu sempre mentalizo o melhor. Procuro imaginar uma crescente. Mantenho o foco em evoluir, crescer e aprender. Dou o melhor de mim, pois pretendo conquistar todos os meus sonhos, um a um.
 
Foto: Gabriel de MouraFoto: Gabriel de Moura
 
A passarela mais difícil de encarar?
Sempre dá um frio na barriga, mas é uma sensação boa. Eu amo! Desfilar na Champs-Élysées, em um evento aberto ao público e cheio de celebridades internacionais, foi um gostoso desafio.

Gosta de garimpar looks?
Sim, adoro garimpar! Muitas vezes encontro coisas bem interessantes.

Como foi dividir o posto entre as musas do Baile da Vogue?
Fiquei muito feliz e honrada por estar no time de musas do baile. É um posto ocupado por mulheres que sempre admirei. Fiquei muito lisonjeada por estar ali.

A estreia nacional de Berenice Procura está próxima. O que mais te marcou desta experiência? A carreira de atriz é algo que você pretende investir? Como tem se preparado para isso?
Atuar é uma experiência muito enriquecedora! Você pode estar em outra pele; pode contar e viver uma história e dar vida a um personagem. É incrível! Foi uma experiência que me fez aprender muito, tanto como profissional quanto como ser humano. Foi muito marcante! Estou focada na carreira de modelo, mas pretendo sim encarar outras experiências atuando.
 
Foto: DivulgaçãoFoto: Divulgação
Valentina na pele da cantora Isabelle, de Berenice Procura
 
Aproveitando, quem é seu melhor ator ou atriz?
Eu gosto muito da Renata Sorrah, Adriana Esteves, Tais Araújo, Grazi Massafera, Patricia Pillar, Juliana Paes, Fernanda Montenegro, Vera Holtz, Claudia Abreu... Entre as internacionais, gosto muito da Angelina Jolie.

parceiros
parceiros