PUBLICIDADE
 

Lifestyle

20 de Agosto de 2016

Musa das aventuras

Ex-babá na vida real e par romântico de Leonardo DiCaprio em O Lobo de Wall Street, Margot Robbie despontou, em 2013, como uma das estrelas de Hollywood. Capa das revistas "Vanity Fair" e "Love Magazine" deste mês, está nos cinemas brasileiros em aventuras de tirar o fôlego!

Foto: DivulgaçãoFoto: Divulgação
Fresh para a revista Vanity Fair
 

Beleza, pluralidade nas atuações e charme. Ops! Puro charme. É assim que Margot Robbie, capa da revista "Vanity Fair" norte-americana deste mês, vem ocupando os espaços do universo cinematográfico de 2007 para cá.

 

Aos recém-completados 26 anos, a australiana, que confessou a sites de personalidade já ter sido babá e cuja imagem, após viver Naomi Lapaglia, ficou na memória de quem assistiu ao premiado "O Lobo de Wall Street", chama atenção entre outros atributos por seu talento e versatilidade nas grandes telas.

 

Foto: DivulgaçãoFoto: Divulgação
Em mais uma produção em cartaz este ano, ela vive Jane, em "A Lenda de Tarzan"
 

Acumulando em 2016 duas expressivas interpretações, foi vista em muitas salas de cinemas brasileiros nos últimos dias em "A Lenda de Tarzan", no qual, ao lado do sueco Alexander Skarsgård (da série True Blood) e na pele de Jane, traz ao público as aventuras do pequeno garoto órfão criado na selva.

 

Já em "Esquadrão Suicida", produção norte-americana em que atende por Arlequina, grande amor de Coringa (Jared Leto - Clube de Compras Dallas/2013). Ambos são da Warner Bros e com orçamento ultrapassando U$ 175 milhões, cada, seguem em cartaz, pelo menos, até esta quarta, 24.

 

Foto: AFPFoto: AFP
Brilhando no Oscar 2015 com colar avaliado em mais de R$ 6 milhões
 

Bastante criticada recentemente após a publicação de "The Summer of Margot Robbie", texto que exalta sua beleza, mas que não se debruça sobre suas qualidades como atriz, ela, durante entrevista no canal televisivo "The Project", disse já ter passado por situações piores. "Eu não esperava que fosse ser uma polêmica. Eu já ouvi pior - aliás, ouço pior em uma base diária, nas redes sociais e na internet como um todo", revelou.

 

Foto: DivulgaçãoFoto: Divulgação
Uma das cenas de Arlequina, uma das vilãs de "Esquadrão Suicida"

Nas grandes telas
Um, dois...dez. Essa é a quantidade de produções cinematográficas pelas quais a moradora de Nova York já passou. Estreante em "U.C.I" e, um ano depois, no elenco de "Vigilante", filmes menos comerciais, foi em "Questão de Tempo" (2013), como Charlotte, que ela passou a despertar, de fato, os olhares de Hollywood.

 

Poucos meses depois, junto a Leonardo DiCaprio, apresentou aos que não conheciam a realidade vivida por Jordan Belfortem, um dos fundadores da Stratton Oakmont, empresa por meio da qual o empresário aliou fortuna, vício e fracasso. O longa de Martin Scorsese (O Aviador/2004) foi vencedor de nove estatuetas.

 

Desde então, aventuras, romances, comédias românticas e roteiros policiais passaram a fazer parte da lista de atuações de Margot Robbie.

 

Em "Golpe Duplo" (2015), na pele de Jess, com golpes, ela se envolve no submundo do crime. Na trama, contracena com Will Smith, seu parceiro profissional e por quem acaba se apaixonando.

 

No longa "A Grande Aposta" (lançado no último mês de janeiro), figura no elenco com galãs do show business dos Estados Unidos: Christian Bale (Êxodo: Deuses e Reis/2014), Steve Carell (O Virgem de 40 Anos/2005), Ryan Gosling (Tudo Pelo Poder/2011) e Brad Pitt (O Curioso Caso de Benjamin Button/2008).

Foto: DivulgaçãoFoto: Divulgação
Margot mistura os lados sombrio e divertido de sua personagem Arlequina ao investir no look para red carpet de "Esquadrão Suicida"
 

Ela está com tudo

Capa, também, da "Love Magazine" de agosto, que começou a percorrer a Europa no último dia 4, e em fotos irreconhecíveis, nas quais aparece em mood oitentista e com maquiagem forte e cabelos ondulados, é nome confirmado em sete filmes, todos pertencentes a gêneros diversos e ainda sem data prevista para estrear.

 

Nos biográficos, "Queen of the Air", em que interpreta a trapezista Lillian Leitzel Leitzel, que viveu um notório caso de amor com Alfredo Codona, famoso por um mortal triplo conhecido como "cambalhota da morte". A união teve como cenário, durante anos, o circo. Ainda no mesmo estilo, é a figura central de "I, Tonya", que conta a história da ex-patinadora no gelo Tonya Harding.

 

Com cinco milhões e meio de seguidores em seu perfil Instagram (@margotrobbie), uma das "meninas dos olhos de ouro" dos grandiosos set's cinematográficos norte-americanos, segue até 2018 em ritmo intenso de gravações. Sobre paixões e relacionamentos, vasculhar, em busca de algum par de Margot Robbie, as redes sociais da celebridade e sites de notícias parece ser tarefa em vão.

 

Ela, ao que tudo indica, é mais uma daquelas figuras que estão com os olhos fitos no sucesso, na carreira e na liberdade de ser quem quer dentro e fora das grandes telas.

parceiros
parceiros